Motor e Hélice, e pessoas que fazem a diferença

15 Nov

É fato que uma aeroanve para recorde mundial de velocidade e possui vários aspectos a serem estudados e otimizados. Aerodinâmica e peso são fatores importantes e costuma gastar grande parte de nossa atenção. Nas semanas que se passaram gastamos muito tempo polido o CEA-308, modificando pequenos detalhes para fazê-lo mais liso. Tivemos que comprar um novo jogo de balanças, e melhorar alguns componentes do avião para podermos ficar dentro do limite de peso imposto pela nossa categoria. Entretento, existem dois aspectos de extrema importância para um recorde mundial que temos deixa “de lado”… Motor e hélice… Mas espere! Preciso explicar o que é este “de lado”. Desde o início deste projeto decidimos que fariamos tudo com um motor “standard”, sem modificações e sem “veneno”. Foi assim na fase do motor ROTAX e tem sido assim com o motor Jabiru. Não temos seguer um cavalo a mais devido a modificações no motor que poderiam trazer riscos e incertezas na operação do avião. Por outro lado, não queremos ter sequer 0.5 cavalos a menos… e por isso nossa manutenção deve ser super cuidadosa! Para alcançarmos qualidade extrema na manutenção de nosso motor, buscamos ajuda em profissionais externos a UFMG que possuem reconhecida capacidade. No caso do motor, Robson Antunes é a pessoa que nos ajuda a deixar o pequeno Jabiru sempre pronto para nos dar 80hp! O Robson trabalha em Belo Horizonte em sua oficina própria, extremamente limpa e arrumada, com máquinas operatrizes extremamente bem cuidadas e sempre prontas para fazer o melhor possível. O que seria deste projeto sem o Robson??? Com certeza, mais de 3kts a menos na nossa velocidade!

Outro aspecto muito importante para o nosso desempenho é o projeto e a fabricação das hélices! Na época do motor ROTAX arriscamos projetar e construir a nossa própria hélice, mas o resultado não chegou nem perto do que precisavamos. Foi nesta época que pedimos “socorro” ao Sr. Orley Chelusniak, de Ponta GRossa, PR, que nos construiu uma linda hélice tripá com passo ajustável no solo. Na fase do motor Jabiru, pedimos ajuda novamente ao Sr. Orley, que fabricou um hélice bipá, de acordo com nossas especificações. Com esta hélice fizemos vários vôo e confirmamos a possibilidade de quebrar 3 recordes mundiais! Buscando ganhar um pouco mais resolvi contactar um fabricante americano de hélices, bem famoso nas corridas de Reno. Craig Catto, fabricante das hélices Catto havia construído a hélice do AR-5, recordista mundial na nossa mesma categoria. Escrevi um e-mail, despretensioso, pedindo orçamento para uma hélice para nosso avião de corrida. O Sr. Catto logo respondeu nosso e-mail, pedindo uma foto do avião. Respondi novamente e logo veio a resposta – This seems a lot of fun! You’ll have the prop for free! É isto mesmo! Ganhamos um patrocinador em quatro e-mails e uma foto! O Sr. Craig no início deste ano nos enviou a primeira hélice que foi inaugurada nos ultimos vôos em juiz de Fora, e logo após receber nossos dados de vôo, partiu para o projeto e construção de uma nova hélice que chega ao Brasil amanhã! ‘

Bem, este post é importante para contarmos um pouco a história destes componentes do CEA-308, mas é muito mais importante para dizermos obrigado a estes profissionais, Robson, Orley e Craig, que não têm medido esforços para nos ajudar neste recorde mundial de velocidade!

4 Responses to “Motor e Hélice, e pessoas que fazem a diferença”

  1. Junior Alipio November 16, 2010 at 9:57 PM #

    Parabéns pelo projeto, realmente uma bela aeronave, no entanto estou com algumas dúvidas. A utilização de um trem de pouso retrátil não seria uma boa opção para a redução do arrasto parasita? Uma aeronave tão ‘lisa’ deve ser um problemão na hora do pouso, qual a distância de pouso e sistema de frenagem que vocês estão empregando?

    • iscold November 16, 2010 at 10:13 PM #

      Junior, de fato, o trem retrátil diminuiria o arrasto, mas temos limitação de peso máximo de decolagem em 300kg e desta forma não dá para ter um trem retrátil. Sim também para a segunda pergunta. Voar este avião é fácil, decolar, nem tanto, mas pousar é um desafio. Por isso temos um dos melhores pilotos brasileiros voando com a gente – Gunar Armin. Ele faz o trabalho dele direitinho! Usamos apenas freios de roda, como o avião é leve, uma vez no chão é fácil de diminuir a velocidade. Obrigado pelo comentário!

      • Junior Alipio November 16, 2010 at 10:18 PM #

        Obrigado pela atenção e boa sorte na tentativa de quebra do recorde, estarei acompanhando.

  2. PC November 29, 2010 at 10:20 PM #

    Tá bom, tá bom, eu sei que quando Robson Antunes pôs as mãos nesse motorzinho, você pôs as suas para os céus!
    PC.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: